SP ESCOLA DE TEATRO
Español
English

território cultural

 
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Tamanho da Letra
Publique/Compartilhe
Território Cultural 2012 2011 2010

O Território Cultural integra as ações dos Cursos Regulares e é parte integrante das etapas denominadas Processo e Formação. Em sábados pré-determinados e em outros dias do semestre, várias ações são propostas, objetivando compartilhar o trabalho de sala de aula com outros artistas e pesquisadores interessados nas proposições que estão sendo investigadas pelas oito áreas das artes do palco. Os Territórios abrangem ações que vão da abertura das salas de aula ao encontro com outros artistas, por intermédio de mesas de discussões, projeções de filmes, shows, leituras dramáticas, visitas a museus e galerias; palestras, enfim, uma plataforma livre para coordenadores, formadores e aprendizes, em atividades abertas às comunidades do entorno e de outros bairros.

Funciona como um desdobramento dos Cursos Regulares, em parceria com os Cursos de Extensão, dois alicerces fundamentais para as ações artísticas e pedagógicas da Escola. A ideia é que o Território Cultural seja um espaço para o ensino e a aprendizagem dos aprendizes, mas também permeável e dialógico para com a cidade. As veias da SP Escola de Teatro são fluidas. A participação do formador, do aprendiz e do público em geral é entendida como um ato de usufruto, de apropriação comum. A comunidade do teatro expandida até a outra ponta, a do espectador crítico e cidadão.

Abaixo, cronograma de realização de Territórios Culturais no ano de 2012.

1º Território Cultural (17/03/2012 – Período Matutino)

9h às 10h
Atividade: Palestra com a Artista Plástica Lúcia Koch
Tema: “Performatividade a partir da obra da artista como material de trabalho”

10h30 às 13h
Atividade: Abertura dos trabalhos do Experimento 1 – Módulo Azul

2º Território Cultural (17/03/2012 – Período Vespertino)

13h15 às 14h15
Atividade: Almoço Coletivo com aprendizes, formadores e coordenadores

14h30 às 17h
Atividade: Abertura dos trabalhos do Experimento 1 – Módulo Azul

17h30 às 18h30
Atividade: Colóquio sobre Performance e Performatividade e discussão sobre o processo de pesquisa dos trabalhos apresentados do Experimento.
Convidados: Beth Lopes e Lucio Agra

3º Território Cultural (31/03/2012 – Período Matutino)

9h às 10h
Atividade: Encontro sobre pesquisa histórica nas artes cênicas com o Prof. Dr. José Antonio Vasconcelos (FFLCH/USP)
Tema: Questões das levas imigratórias e migratórias no Brasil, com foco no bairro do Brás e seu entorno, com os bolivianos, coreanos e africanos, e também nordestinos. O ponto de partida é a peça “Bella Ciao”, de Luís Alberto de Abreu, cuja temática é a imigração italiana do início do século e a trajetória de uma família italiana no Brasil, em SP, na primeira metade do século 20.

10h30 às 13h
Atividade: Abertura dos trabalhos do Experimento 1 – Módulo Verde

4º Território Cultural (31/03/2012 – Período Vespertino)

13h15 às 14h15
Atividade: Almoço Coletivo com aprendizes, formadores e coordenadores

14h30 às 17h
Atividade: Abertura dos trabalhos do Experimento 1 – Módulo Verde

17h30 às 18h30
Atividade: Encontro sobre as propostas pedagógicas do Módulo, provocações e encaminhamentos das investigações do Experimento com as convidadas: Adélia Nicolete (organizadora do livro “Luís Alberto de Abreu – Um Teatro de Pesquisa”, Ed. Perspectiva) e com a Prof. Dra. Maria Lúcia Puppo (ECA/USP).

5º Território Cultural (28/04/2012 – Período Matutino)

O 5º e 6º território cultural foram formados pela 2ª abertura dos trabalhos dos núcleos dos 08 experimentos do Módulo Azul – turma vespertina que tem como eixo temático a Performatividade tendo como material poético de trabalho a obra da artista plástica Lucia Koch e a obra de Peter Greenaway.

9h às 10h
Atividade: Colóquio com o Diretor e Dramaturgo Mauricio Paroni de Castro
Tema: “As Perspectivas do Teatro Performativo”
Duração: 1h

10h45 às 13h
Atividade: Abertura dos trabalhos do Experimento 1 – Módulo Azul.
Local: SP Escola de Teatro – sede Brás
Duração: 3h

6º Território Cultural (28/04/2012 – Período Vespertino)

13h15 às 14h15
Atividade: Almoço Coletivo com aprendizes, formadores, coordenadores e     convidados  
                                  

14h30 às 17h
Atividade: Abertura dos trabalhos do Experimento 1 – Módulo Azul.

17h30 às 18h30
Atividade: Mesa de discussão sobre performatividade e sobre os trabalhos apresentados com os convidados: Magaly Biff (atriz) e Ruy Filho (diretor e dramaturgo)

7º Território Cultural (19/05/2012 – Período Matutino)

O 7º e 8º território cultural foram direcionados à abertura dos trabalhos dos 8 núcleos do 2º Experimento do Módulo Verde. O eixo temático da investigação desse módulo é a personagem, dentro das perspectivas do texto dramatúrgico.  O ponto de partida para se operar com esse eixo foi o texto “Bella Ciao”, de Luís Alberto de Abreu. Dentro das perspectivas desse trabalho, os aprendizes foram instigados a olhar para o universo do Brás e percebê-lo como campo de investigação e criação teatral. Assim, o Brás tornou-se material para as construções das personagens e a criação dos textos.

9h às 10h
Atividade: Mesa de Discussão sobre processos criativos com o dramaturgo Luís Alberto de Abreu com mediação de Rubens Rewald.
Tema: “O Dramaturgo Pesquisador”

10h30 às 13h
Atividade: Abertura dos trabalhos do Experimento 1 – Módulo Verde

8º Território Cultural (19/05/2012 – Período Vespertino)

13h15 às 14h15
Atividade: Almoço Coletivo com aprendizes, formadores, coordenadores e convidados

14h30 às 17h
Atividade: Abertura dos trabalhos do Experimento 1 – Módulo Verde

17h30 às 18h30
Atividade: Mesa de discussão e provocações sobre os experimentos com os convidados: Renata Zhaneta (atriz e diretora) e com o Prof. Dr. Felisberto Sabino da Costa (ECA/USP)

9º Território Cultural (23/06/2012 – Período Matutino)

O 9º e 10º território cultural foram formados pela 3ª abertura dos trabalhos dos núcleos dos 8 experimentos do Módulo Azul – turma vespertina que tem como eixo temático a Performatividade e como material poético de trabalho a obra da artista plástica Lucia Koh e a obra de Peter Greenaway.

Das 9h às 10h
Atividade: Mesa de Discussão com o crítico teatral Luis Fernando Ramos e com ator e diretor teatral Gilberto Gawronski, acerca do tema: “Teatro Hoje e suas relações com a Contemporaneidade”. A mediação foi realizada pelo professor, pesquisador e crítico Kil Abreu.

10h45 às 13h
Atividade: Abertura dos trabalhos do Experimento 3 – Módulo Azul

10º Território Cultural (23/06/2012 – Período Vespertino)

13h15 às 14h15
Atividade: Almoço Coletivo com aprendizes, formadores, coordenadores e convidados

14h30 às 17h
Atividade: Abertura dos trabalhos do Experimento 3 – Módulo Azul

17h30 às 18h30
Atividade: Mesa de discussão sobre teatro performativo e sobre os trabalhos apresentados, com os convidados Dagoberto Feliz (ator e diretor teatral) e Vicente Concilio (ator, pesquisador e professor de teatro na UDESC).

11º Território Cultural (07/07/2012 – Período Matutino)

O 11º e 12º território cultural foi direcionado à abertura dos trabalhos dos 8 núcleos do 3º Experimento do Módulo Verde. O eixo temático da investigação desse módulo é a personagem, dentro das perspectivas do texto dramatúrgico.  O ponto de partida para se operar com esse eixo foi o texto “Bella Ciao”, de Luís Alberto de Abreu.  Dentro das perspectivas desse trabalho, os aprendizes foram instigados a olhar para o universo do Brás e percebê-lo como campo de investigação e criação teatral.

Das 9h às 10h

Atividade: Abertura dos trabalhos através de debate com os atores Alexandre Krug e Rogério Tarifa, integrantes da Cia São Jorge de Variedades. O debate foi sobre o processo criativo da Cia no bairro Barra Funda através do espetáculo “Barafonda”.

Das 10h45 às 13h

Atividade: Aberturas dos trabalhos – 3º Experimento: Módulo Verde

Das 13h15 às 14h15

Atividade: Almoço Coletivo (com aprendizes, formadores e coordenadores)

12º Território Cultural (07/07/2012 – Período Vespertino)

O 13º e 14º Território Cultural foi direcionado à abertura dos trabalhos do 2º semestre de 2012.

Das 9h às 10h

Atividade: Apresentação e recepção dos trabalhos com os aprendizes de Sonoplastia com cortejo musical com o “Hiperinstrumento”, objeto sonoro construído pelos aprendizes durante o 1º semestre de 2012.

Atividade: Abertura dos trabalhos com o plantio de árvores em frente à sede da Praça Roosevelt da Escola.

10h

Atividade: Abertura da exposição “Nelson Rodrigues - Toda Nudez Será Castigada” 

Descrição: Exposição comemorativa dos 100 anos de Nelson Rodrigues na SP Escola de Teatro, localizada no Prédio da Roosevelt - 1º Andar, composta de maquetes e processo de trabalho dos aprendizes de Cenografia e Figurino das turmas da manhã e tarde e um grupo do curso de Técnicas de Palco, vespertino, totalizando 15 maquetes. Uma cenografia especial para abrigar a exposição foi criada por aprendizes, Formadores e o Coordenador do curso. Dentro da exposição também será montado um pequeno cenário em escala real construído pelos aprendizes de Técnicas de Palco, trazendo ao visitante a atmosfera do espírito rodrigueano absorvida de seus textos. Também estarão expostas as maquetes de 5 cenografias feitas por J.C. Serroni, além de projetos de figurinos desenhados por ele e Telumi Hellen para peças do autor.

Das 11h às 13h

Atividade: Palestra com Marco Antonio Braz – “Sobre a Obra de Nelson Rodrigues”

Das 11h às 13h

Atividade: Encontro com Rene Silva, responsável pelo site “Voz das Comunidades”

14º Território Cultural (11/08/2012 – Período Vespertino)

Das 13h às 14h

Encerramento Território:
Show “Hip-Hop: o Som e o Movimento”

13h
Parte 1
Linha do Tempo Hip-Hop (1973-1998)
Djs Eugênio Lima e Will Robson

 

13h40
Parte 2
“O Som do Movimento”
Frank Ejara

Das 15h30 às 18h30

Seminários dos Núcleos do Experimento – Módulo Vermelho

15º Território Cultural (01/09/2012 – Período Matutino)

O 15º e 16º território cultural foram direcionados à abertura dos trabalhos dos 08 núcleos do 1º Experimento do Módulo Amarelo. O eixo temático da investigação desse módulo é a “Narratividade”, e tem como operador para desenvolvimento de projetos cênicos a obra do pensador Paul Virilio, utilizado como material intertextual para discutir as questões em torno de “Maio de 2006 – SP e a abordagem do PCC na cidade” (dentro das seguintes abordagens: Guerra da Informação/Dromologia/Limites da cidade/Tempo espaço real X Tempo espaço virtual).  

Cada Núcleo realizou 3 aberturas com o tempo máximo de 15 minutos de apresentação. Após cada apresentação seguia-se 15 minutos para debates com a plateia.

Das 9h às 13h

Atividade: Aberturas dos trabalhos – 1º Experimento: Módulo Amarelo


16º Território Cultural (01/09/2012 – Período Vespertino)

Das 14h30 às 18h30

Atividade: Aberturas dos trabalhos – 1º Experimento: Módulo Amarelo

17º Território Cultural (29/09/2012 – Período Matutino)

O 17º e 18º Território Cultural foram direcionados à abertura dos trabalhos dos 9 núcleos do 1º Experimento do Módulo Vermelho.
Ao longo do semestre, os aprendizes desenvolverão projetos cênicos a partir da epígrafe do geógrafo Milton Santos: “O mundo é formado não apenas pelo que já existe, mas pelo que pode efetivamente existir” (do livro “Por uma Outra Globalização – do pensamento único à consciência universal”. Rio de Janeiro: Record, 2010. p. 160).

Das 9h30 às 13h30
Atividade: Abertura dos experimentos dos núcleos 1, 3, 6, 7 e 9
Cada núcleo realizou 3 aberturas com o tempo máximo de 15 minutos de apresentação. Após cada apresentação seguia-se 15 minutos para debates com a plateia.

18º Território Cultural (29/09/2012 – Período Vespertino)

14h30 às 18h30
Abertura dos experimentos dos núcleos 2, 4, 5 e 8
Cada Núcleo realizou 3 aberturas com o tempo máximo de 15 minutos de apresentação. Após cada apresentação seguia-se 15 minutos para debates com a plateia.

Das 17h às 19h30

Atividade: Palestra com Gilberto Dimenstein: “Como Transformar a Cidade num Grande Palco”.

19º Território Cultural (06/10/2012 – Período Matutino)

O 19º e 20º território cultural foi direcionado à abertura dos trabalhos dos 8 núcleos do 2º Experimento do Módulo Amarelo. O eixo temático da investigação desse módulo é a “Narratividade”, e como operador para desenvolvimento de projetos cênicos a obra do pensador Paul Virilio, utilizado como material intertextual para discutir as questões em torno de “Maio de 2006 – SP e a abordagem do PCC na cidade” (dentro das seguintes abordagens: Guerra da Informação/Dromologia/Limites da cidade/Tempo espaço real X Tempo espaço virtual).  Cada núcleo realizou 3 aberturas com o tempo máximo de 15 minutos de apresentação. Após cada apresentação seguia-se 15 minutos para debates com a plateia.

A abertura do 2º Experimento do Módulo Amarelo contou com a presença da Professora Camila Caldeira Nunes que ministrou a palestra “Da Pulverização ao  Monopólio da Violência” em 02/10/2012.

Das 9h às 13h

Atividade: Aberturas dos trabalhos – 2º Experimento: Módulo Amarelo            

20º Território Cultural (06/10/2012 – Período Vespertino)

Das 14h30 às 18h30

Atividade: Aberturas dos trabalhos – 2º Experimento: Módulo Amarelo

21º Território Cultural (27/10/2012 – Período Vespertino)

O 21º e 22º Território Cultural foram direcionados à abertura dos trabalhos dos 9 núcleos do 2º Experimento do Módulo Vermelho. Cada núcleo realizou 3 aberturas com o tempo máximo de 15 minutos de apresentação. Após cada apresentação seguia-se 15 minutos para debates com a plateia.

22º Território Cultural (27/10/2012 – Período Vespertino)

Das 14h30 às 18h30

Atividade: Aberturas dos trabalhos – 2º Experimento: Módulo Vermelho


Endereço e E-mails
SP Escola de Teatro
Centro de Formação das Artes do Palco
Sede Brás 
Avenida Rangel Pestana, 2401, Brás
03001-000 • São Paulo - SP
Tel: (11) 3121-3200
Sede Roosevelt 
Praça Roosevelt, 210 • Centro
01303-020 • São Paulo | SP
Tel: 11 3775.8600
info@spescoladeteatro.org.br
www.spescoladeteatro.org.br
Governo do Estado de São Paulo - Secretaria da Cultura
Licença Creative Commons Este trabalho foi licenciado com uma Licença | Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada | .
O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotográfos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.
Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.
Criação de Sites Sorocaba Qube Design