Retrospectiva 2016

Residências

A SP Escola de Teatro se orgulha de ser uma Instituição de artistas que formam artistas. A criatividade e a sensibilidade são características intrínsecas ao nosso ambiente. É por isso que gostamos tanto do nosso setor de Projetos Especiais, que é responsável pelas residências artísticas.

Nos períodos de residência, temos a sorte de conviver com diferentes — e competentes! — profissionais da arte. Alguns deles passam por nossas sedes para desenvolver novos trabalhos, outros para apresentá-los, cumprindo temporadas que agitam nossas salas.

Este ano de 2016 foi intenso neste sentido. Foram diversas peças de teatro vistas por aqui. Logo no início do ano, Gabriela Mellão estreou, conosco, sua “Sagrada Família”, que teve sucesso de público.

Francisco Carlos também passou por aqui, com o elenco de “Sonata Fantasma Bandeirante”, que estreou no Sesc. Integrante do elenco, a atriz Alessandra Negrini aproveitou a ocasião para conversar com nossos aprendizes.

Entre tantos projetos acolhidos, também tivemos trocas intensas com Sergio Zlotnic, Heloísa Cardoso e Cadu Witter, entre muitos outros. Ainda pudemos, com muito carinho, receber “Meu Quintal”, nossa primeira peça infantil, que abriu mais uma frente na SP Escola de Teatro.

Em 2017, as residências não vão apenas continuar, mas serão ainda mais intensificadas. A sede Brás da SP Escola de Teatro volta reformada, com mais espaço, e grupos de teatro já estão convidados a ocupar o espaço com muita arte e criatividade.