Retrospectiva 2015

Virada Cultural & Virada Educação

Assim como no ano passado, em 2015 a SP Escola de Teatro participou da Virada Cultural e da Virada Educação. A ideia é que a Instituição se envolva em eventos e projetos que levem cultura e educação à cidade de São Paulo.

No dia 20 de junho, a Virada Cultural levou atrações para vários pontos da capital, sobretudo no Centro. Entre as 19h e as 23h, a Escola teve oito atividades. A programação começou com o Escambo Literário, troca de livros já tradicional na Instituição, e com a ação do Grupo de Massoterapeutas Especiais (Cegos e Baixa Visão), aplicando sessões de 15 minutos cada nos interessados.

Depois disso, foram apresentados os espetáculos “Avental todo sujo de ovo”, “Olhar de neblina”, “Meninos também amam — um poema/manifesto cênico”, “Forma de ver” e “Compêndio de gavetas, bactérias, ursos e corações”. A programação foi encerrada com o show “Renata Peron convida”, em que a cantora e recepcionista da SP Escola de Teatro interagiu com Carolina Gerassi, Patricia Barbosa e Pitter.

Em setembro, foi a vez da Virada Educação ocupar o centro da cidade. No dia 19, nossa sede Roosevelt teve, pela manhã, a oficina “Reconstruindo os papéis de gênero nas histórias”, que questionou como o gênero é tratado nos contos de fadas, narrativas populares, livros, séries e filmes. No final, os participantes construíram uma história mais realista de equilibrada levando a questão em conta.

A programação seguiu com a exibição do longa “A negra de…”, do senegalês Ousmane Sembene, sobre a exploração física e psicológica da mulher negra. A Escola abrigou, ainda, uma roda de conversa sobre o gênero na Educação e a peça “Sonho de uma Noite de Verão”, do projeto Teatrando para Incluir e Conscientizar, que encerrou a Virada.