Retrospectiva 2015

Difundindo o Conhecimento

Um dos objetivos da SP Escola de Teatro é compartilhar o conhecimento e, assim, gerar acessos e oportunidades. E não é apenas por meio dos Cursos de Extensão e dos Cursos Regulares que fazemos isso: há uma série de ações paralelas postas em prática pela Instituição.

Em 2015, deu-se continuidade ao Leitura na Praça. Desde 2013, o projeto transforma a Praça Roosevelt em uma biblioteca ao ar livre, colocando uma série de livros ao alcance da comunidade. Na ocasião, o parquinho da praça ganha uma ambientação projetada pelos aprendizes da Escola.

A leitura também ganha vez no Escambo Literário, uma contrapartida da Bolsa-Oportunidade, projeto do Programa Kairós. Como o nome denuncia, a atividade consiste na troca de livros entre aprendizes, colaboradores e comunidade. Duas vezes por semana, um carrinho de mão personalizado (símbolo do projeto) é carregado com livros disponíveis para troca. Este ano, o ponto de encontro foi a Biblioteca Mário de Andrade.

O Kairós promove, ainda, outro projeto em prol da difusão do saber. Comandado pelo diretor e dramaturgo Maurício Paroni de Castro, o Chá e Cadernos ocorreu na biblioteca da Escola, na sede Marquês de Itu. Em encontros com aprendizes, o projeto fomentou a troca de conhecimento fora de um âmbito hierárquico. Era um terreno informal de reflexão, no qual Paroni conduziu conversas sobre o fazer teatral.

Se a Escola preza pela tradição do livro, as vantagens do mundo contemporâneo não ficam de fora. A Instituição vê a internet como uma importante ferramenta para ampliar o compartilhamento de conhecimento. Neste sentido, uma das principais ações da SP Escola de Teatro é a manutenção de seu portal.

Atualizado diariamente não apenas com notícias da Escola, como também da cena teatral brasileira, o endereço virtual traz um conteúdo voltado especialmente para os que amam e procuram mais informações sobre o teatro. O próprio Paroni, por exemplo, mantém algumas seções no site: o Palavra em Cena e o Radioarte, em que trabalha com podcasts, e o Papo com Paroni, que traz artigos com curiosidades e histórias relevantes para qualquer pessoa interessada em arte.

Além de Paroni, outros profissionais do teatro têm espaço garantido no portal. Escrevem, como colunistas nomes como Ivam Cabral, Marici Salomão, Martin Eikmeier, Sergio Zlotnic e Bob Sousa. Eles produzem artigos em que abordam aspectos significativos de seus campos de atuação.

O endereço também conta com um Acervo Digital. Lançado em 2014, ele foi criado para atender à demanda de preservação da memória da dramaturgia brasileira. Este espaço estende as possibilidades de pesquisa e extensão com um acervo totalmente online que reúne teses, artigos e pesquisas de diversos profissionais contemporâneos, além de coleções como Aplauso e Primeiras Obras.