Retrospectiva 2015

Convidados Especiais

A SP Escola de Teatro se orgulha por poder contar com alguns dos mais conceituados profissionais da área teatral em sua equipe pedagógica. Como a busca por excelência no ensino já é parte da rotina da Instituição e todo contato com outros profissionais pode trazer frutos inéditos e satisfatórios, um sem-número de convidados de várias áreas participou das inúmeras ações da Escola neste ano, muitos deles vindos de outros países, inclusive.

O ano de 2015 começou muito bem, com ninguém menos que a veterana Laura Cardoso. Ela abriu o primeiro semestre em um bate-papo descontraído com os aprendizes na garagem da sede Marquês da Escola. O segundo semestre foi inaugurado pelo não menos nobre Gero Camilo, que até cantou para um público vidrado, que não perdia uma só palavra do ator.

Operadora dos experimentos do primeiro semestre, a arquiteta e urbanista Raquel Rolnik também deu palestra para os alunos, apresentando suas ideias e pensamentos que colaboraram para as criações dos aprendizes.

De lugares como a Suécia, a Colômbia, a Inglaterra e o México, vieram mestres das Artes Cênicas que participaram do cotidiano da Escola, principalmente por meio dos Cursos de Extensão. Foram recebidos professores como Julio César Serpa, Mia Tornqvist e Janina Rolfart, que lecionaram diversos assuntos, sempre trocando experiências e costumes da arte em seus países de origem.

A polêmica se instalou em uma mesa de discussão sobre Humor, com a confirmação da presença do humorista Rafinha Bastos. O apresentador, que divide opiniões com suas piadas, inicialmente causou furor com os aprendizes da Escola, que, em parte, rejeitavam sua presença. Mas o evento acabou ocorrendo: com o dramaturgo Mario Viana e o ator Domingos Montagner, o papo rolou com a mediação de Raul Barretto e ganhou destaque na 8ª edição da revista A[L]BERTO, editada pela SP Escola de Teatro.

Além disso, o setor de Extensão Cultural fomentou outros momentos de discussão com gente de peso no universo artístico nacional e paulista. Os aprendizes da Escola tiveram a oportunidade de ouvir nomes como Fabiana Bruno, Demian Golovaty, Flavia Guerra e Rubens Rewald. Ainda passaram pela Instituição Monique Gardenberg, Andrea Saturnino, Angelica de Moraes, Vania Toledo e Pascoal da Conceição.

E, em uma mesa de discussão histórica, o coordenador do Curso Regular de Sonoplastia, Raul Teixeira, conseguiu reunir quatro dos maiores sonoplastas do teatro atualmente: Tunica Teixeira, Paulo Herculano, Samuel Kerr e Aline Meyer.

A SP Escola de Teatro espera que 2016 seja um ano ainda mais estrelado por grandes figuras do Teatro, que tanto têm a trocar com seus aprendizes, colaboradores e com o público em geral.