Convidados Especiais

A SP Escola de Teatro se orgulha por poder contar com alguns dos mais conceituados profissionais da área teatral em sua equipe pedagógica. Como a busca por excelência no ensino já é parte da rotina da Instituição e todo contato com outros profissionais pode trazer frutos inéditos e satisfatórios, um sem-número de convidados de várias áreas participou das inúmeras ações da Escola neste ano, muitos deles vindos de outros países, inclusive.

O primeiro semestre letivo já começou, entre outras atividades, com uma palestra do escritor e roteirista Antonio Prata. Antes mesmo disso, o SP TransVisão II – Semana da Visibilidade de Travestis e Transexuais contou com a presença do diretor teatral Nelson Baskerville e do cartunista Laerte Coutinho.

João das Neves, lendário diretor que em 2014 completa 80 anos, foi homenageado com o 2º Prêmio SP Escola de Teatro, recebendo o troféu durante cerimônia realizada no dia 19 de março, junto com outra premiação: o Prêmio Acessibilidade, dividido em cinco categorias.

Neste, foram reconhecidos Marcos Abranches (Artes no Palco); Circo Crescer e Viver (Cidadania); Cine Theatro Brasil Vallourec (Equipamentos Culturais); Daniel Gaggini (Personalidade do ano) e Governo do Estado de São Paulo (Políticas públicas). Eles levaram para casa o troféu cujo desenho foi assinado por outro grande artista: Gilberto Salvador, que doou a criação da obra à Instituição. O Grande Prêmio Acessibilidade 2013, destaque da realização, foi dedicado ao promotor Maurício Antônio Ribeiro Lopes.

Nos Encontros sobre Performance, realizados em abril, muitos profissionais de renome na área participaram dos debates, como Coco Fusco, artista cubana radicada nos EUA; Lucio Agra, Stela Fischer, Gustavo Sol, Matteo Bonfitto, Ana Goldenstein, Cassiano Quilici, Juliana Moraes, Marcus Bastos, Mário Ramiro e Otávio Donasci.

Em maio, Jonothan Neelands, professor, da Warwick Universty (Reino Unido), ministrou seminários pelo Fórum Shakespeare 2014.

Além de ser utilizado para os Cursos Regulares e cursos de Extensão Cultural, o Estúdio de Som da Escola, inaugurado no ano passado, recebeu nomes como Cida Moreira, Fernanda D'Umbra e sua banda – Fábrica de Animais –, Walter Garcia e Marília Calderón.

Nos Experimentos, participaram como comentaristas onze convidados, que acompanharam as aberturas de processo e escreveram textos com suas impressões. São eles: Verônica Veloso, Gustavo Sol, Ondina Clais, Regina França, Manoel Candeias, Sergio Roveri, Matteo Bonfitto, Marcelo Romagnoli, Vinícius Piedade, Silvana Garcia, Gabriela Mellão.

Na mesa do Teatro Experimental do Negro, reuniram-se o historiador, pesquisador e aprendiz de Dramaturgia da Escola, Christian Fernando dos Santos Moura; a escritora, mestre em Direito e em Ciências Sociais e doutora em Psicologia, Elisa Larkin do Nascimento; o ator e bailarino Haroldo Costa; e o bailarino e coreógrafo Rui Moreira.

Em abril, ninguém menos que o moçambicano Mia Couto, renomado biólogo e escritor de expressão mundial, esteve na SP Escola de Teatro, onde encontrou com a diretoria e conheceu o projeto. No mesmo mês, o duo sueco Sidén-Hedman apresentou um concerto com obras eletroacústicas na Escola.

O Território Expandido, encontros exclusivos a aprendizes dos Cursos Regulares, contaram com a participação, entre outros, do dramaturgo português Jorge Louraço; de Simone Grande – do Grupo as Meninas do Canto –; da psiquiatra infantil Cibeli Assal; de Eleonora de Lucena, jornalista e diretora executiva da Folha de S.Paulo; do filósofo e arquiteto Luiz Fuganti; da atriz Roberta Estrela D'Alva; da jornalista e colunista social Joyce Pascowitch; do dramaturgo e jornalista Sérgio Roveri; e da artista multimídia, escultora e fotógrafa gaúcha Lucia Koch.

Bailarino brasileiro radicado na Alemanha, Ismael Ivo, um dos mais importantes nomes da dança contemporânea mundial, continuou com a Escola neste ano, graças ao projeto Biblioteca do Corpo.

Anna Petterson é uma conceituada atriz, dramaturga, realizadora e encenadora sueca – em 2014, ela ministrou aulas no curso de Atuação da Escola. A dramaturga Claudia Vasconcellos e a atriz Denise Weinberg, por exemplo, também fizeram parte do ano dos Cursos Regulares.

Em uma roda de conversa sobre processo criativo no teatro contemporâneo, participaram Celina Sodré, Eric Lenate, Renato Ferracini e Ruy Filho. Em outra, sobre pedagogia do teatro, reuniram-se Aglaia Pusch, Ingrid Koudella, Marici Salomão e Sura Berditchevsky.

Uma mesa de discussão promovida pela Extensão Cultural sobre o traumático e o ato criativo, vieram André Ramalho Castelani, Luciana Pires, Noemi Jaffe e Sergio Zlotnic. A crítica, ensaísta e pesquisadora Mariangela Alves de Lima também ministrou uma palestra.

O setor de Extensão Cultural, a propósito, foi responsável pela vinda de muitos convidados especiais, que orientaram vários cursos por aqui.

Onze deles são estrangeiros: a dramaturga portuguesa Ana Pais; o renomado ator italiano Enrico Bonavera; sete artistas suecos (Anders Bohman, Stina Dabrowski Lundberg, Lotta Erikson, My Haggbom, Matthew Allen, Pers-Anders Ring e Tinna Jone); o ator e diretor português Pedro Zegre Penim; e o professor inglês Eliot Shrimpton.

Alguns dos brasileiros foram: a diretora Johana Albuquerque; a escritora, tradutora e professora Ingrid Koudella; o ator e dublador Herbert Richers Jr., a atriz Lulu Pavarin; a atriz Luah Guimarães; o iluminador e diretor Caetano Vilela; a pesquisadora e professora de dança Cássia Navas; a coreógrafa e bailarina Fernanda Amaral; a fonoaudióloga e media training Eudósia Quinteiro.

Anton Rey, dramaturgo e diretor artístico suíço, ministrou o workshop "Teatro contemporâneo europeu – Um confronto com fragmentos de linguagem".

Graças às residências cumpridas na Instituição, muitos artistas contribuíram para construir a história da Escola em 2014. Para mencionar apenas alguns deles: Maria Alice Vergueiro e seu Grupo Pândega de Teatro; o diretor e dramaturgo Francisco Carlos; a diretora e pesquisadora Silvana Garcia; e o bailarino e coreógrafo Marcos Abranches.

Antes de começar para os aprendizes, com uma aula inaugural do ator, humorista e comediante Fabio Porchat, o segundo semestre teve, como de costume, os colóquios realizados pela pedagogia para preparar os materiais que seriam utilizados ao longo dos estudos. Participaram dessas reuniões convidados como o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, a atriz Mirian Rinaldi e o ator e diretor Dagoberto Feliz.

Marcelo Mattos Araújo, Secretário da Cultura do Estado, foi um dos participantes do Seminário de Circo, que marcou o lançamento dos cursos de circo da Instituição. Além dele, compareceram Fernando Neves, Mário Bolognesi, Verônica Tamaoki, Júnior Perim e Marco Bortoleto.

A escritora e poeta Adélia Prado, cujo nome figura entre os maiores da literatura brasileira, veio em setembro, para um encontro com o público, fazendo a Sede Roosevelt transbordar de poesia.

Também em setembro, a Escola também teve um encontro especial com duas transgêneros ilustres: Laerte Coutinho, cartunista, e Jo Clifford, dramaturga, performer, jornalista, radialista e professora escocesa, para uma conversa sobre o movimento LGBTS.

No segundo semestre, dois japoneses vieram trazer um pouco da cultura oriental: a bailarina e coreógrafa Kaoru Ishii, que ministrou um workshop e apresentou um espetáculo, e o dramaturgo Toshiki Okada, que realizou uma palestra.

Um neurologista e dramaturgo suiços também marcaram presença, com a performance "Act like you mean it". Criada a partir de uma pesquisa neurocientífica sobre o trabalho de encenação dos atores, a obra de Thomas Grunwald e Anton Rey passou por Áustria, China, Estados Unidos, Índia e Suíça, e fez sua primeira apresentação na América Latina.

Os mais de 20 cursos de circo também tiveram alguns convidados internacionais, como os canadenses Jeremie Arsenault, Bruno Gagnon e Jade Dussault (Cia. Flip Fabrique), o chileno Oscar Zimmermann, o argentino Marcelo Lujan e o australiano Mark Bromilow, além de nomes renomados do Brasil, como Verônica Tamaoki.

Os dinamarqueses Peter Kirk, diretor, e Peter Manscher, programador, estiveram em uma palestra sobre o teatro infantojuvenil contemporâneo em seu país, que é reconhecido como um dos melhores do mundo.

Nesse fim de ano, a Escola também teve a honra de receber o encerramento do ciclo de pesquisa "Catastrophe & Heritage" (Catástrofe e Herança), do coletivo performático OuUnPo (Ouvroir d'Univers Potentiels), formado por artistas, curadores e pesquisadores europeus, que teve início em 2012 e já passou por Suécia, Itália, Japão, Grécia e Líbano.

O projeto Karamázov, que cumpriu temporada na Sede Roosevelt entre novembro e dezembro, também trouxe artistas consagrados à Escola, como o diretor Ruy Cortez e o dramaturgo Luis Alberto de Abreu, além de Luiz Felipe Pondé e Elena Vássina, como palestrantes.

O mesmo pode-se dizer do I Congresso Brasileiro de Dramaturgia, promovido pela Instituição durante a Satyrianas. Participaram do evento, entre outros, Alcides Nogueira, Aimar Labaki, Aderbal Freire-Filho, Lauro César Muniz, Rubens Rewald, Evaristo Azevedo e Ilo Krugli.

Ao longo de 2014, os bate-papos online promovidos pela Extensão Cultural trouxeram para mais perto do público, ainda que virtualmente, mais de 40 profissionais de trajetória comprovada. São alguns deles: Sérgio Ferrara, Antonio Salvador, Ana Kfouri, Cristina Mutarelli, Ruy Cortez, Rubens Rusche, Joel Pizzini, Eduardo Chagas, Carmelinda Guimarães, Jefferson Del Rios, Eliana Monteiro e Antonio Duran.

Adelia Prado

Antonio Prata

Anton Rey e Thomas Grunwald

Beth Lopes

Caetano Vilela

Coco Fusco

Eleonora de Lucena

Eliot Shrimpton

Christian Moura

Elisa Larkin, Rui Moreira, Haroldo Costa e Christian Moura

Enrico Bonavera

Fabio Porchat

Fernanda Dumbra

Gustavo Sol

Gustavo Sol, Stella Fischer e Lucio Agra

Herbert Richers Jr

Herbert Richers Jr

Ingrid Koudela

Ingrid Koudela

Ismael Ivo

Ismael Ivo

Contardo Calligaris João das Neves e Cleo de Paris

João das Neves

Jo Clifford e Andréa Zanelatto

Jo Clifford e Laerte Coutinho

Joyce Pascowitch, Sergio Roveri, Sergio Zlotnic e Hugo Possolo

Kaoru Ishii

Laerte Coutinho

Lauro Cesar Muniz

Luiz Felipe Ponde e Elena Vassima

Luiz Felipe Ponde e Elena Vassima

Adriano Mauriz, Hugo Possolo, Luiz Fuganti, Roberta Estrela Dalva, Joaquim Gama e Dione Leal

Luiz Fuganti, Adriano Mauriz e Roberta Estrela D`alva

Ivam Cabral e Marcelo Mattos

Marcelo Mattos Araújo

Marcos Abranches

Marcus Bastos, Mario Ramiro, Otavio Donasci e Rodolfo García Vázquez

Maria Alice Vergueiro e Danilo Grangheia

Maria Alice Vergueiro e Grupo Pandega de Teatro

Mariangela Alves de Lima

Ana Goldenstein

Matteo Bonfitto, Ana Goldestein, Cassiano Quilici, Juliana Moraes

Mia Couto

Mia Couto

Dagoberto Feliz

Miriam Rinaldi e Dagoberto Feliz

Nelson Baskeville

Nelson Baskerville

Christine Greiner

Peter Kirk e Peter Manscher

Alex Nascimento

Prêmios Acessibilidade E SP Escola de Teatro

Sergio Roveri

Sergio Roveri

Sergio Zlotnic

Sergio Zlotnic

Ivam Cabral, Silvia Antibas, Nilton Cury, Fabio Atui

Silvia Antibas, Nilton Cury, Fabio Atui

Lotta Erikson e Matthew Allen

Stina Dabrowski Lundberg, Matthew Allen, Lotta Erikson e Tinna Jone