Prêmio SP Escola de Teatro e Prêmio Aplauso Brasil

 

A noite de 27 de maio teve um gosto mais que especial para a SP Escola de Teatro. Neste dia, a Sede Roosevelt da Instituição recebeu uma grande festa para marcar quatro eventos distintos e importantes.

Foram eles: os lançamentos do número 4 da Revista A[L]BERTO e do livro "O teatro de Victor Garcia – a vida sempre em jogo", de Jefferson Del Rios, a entrega do Prêmio SP Escola de Teatro e do Prêmio Aplauso Brasil de Teatro.

A entrega dos prêmios foi o ponto alto da noite. Ambas cerimônias tiveram direção de Ricardo Severo, artista residente do curso de Sonoplastia. Em sua estreia, o Prêmio SP Escola de Teatro rendeu homenagem à atriz Maria Alice Vergueiro, um dos maiores nomes do teatro nacional ainda em plena atividade, que comandou uma ocupação durante o ano, com sua atual companhia, o Grupo Pândega de Teatro, na SP Escola de Teatro.

“A ideia deste prêmio nasceu em dezembro do ano passado, para uma personalidade que nos fosse verdadeiramente significativa, que pudesse dizer um pouco do nosso trabalho, que refletisse um pouco quem a gente quer ser no teatro. Foi incrível porque foi unânime, não houve outro nome. Alguém disse Maria Alice e um segundo nome não surgiu. A Maria é uma das maiores atrizes dos nossos palcos, dos nossos dias”, disse Ivam Cabral, na abertura da festa.

Então, em meio a um cenário que remetia a um cabaré, Maria Alice recebeu homenagens de familiares e amigos. “Tenho notado em mim uma forma de compreender o que aconteceu na minha vida, o reconhecimento. Ando chorando à toa. Percebo que a vida teve sentido. E está sendo uma dádiva esse trabalho de ocupação na SP Escola de Teatro. Eu me sinto rejuvenescer ao lado dessa moçada, que também fica mais jovem. Hoje, meus amiguinhos têm 11, 12 anos. Agradeço a Ivam, Rodolfo e Joaquim pela oportunidade e pela homenagem. Agora vou parar de falar, para não chorar”, disse a grande estrela da noite.

E, como uma das surpresas do evento, dois amigos de Maria Alice, Rubens Caribé e Carlos Blauth, interpretaram “A canção do hedonista”, composta por Ricardo Severo, especialmente para a atriz. “Posso dizer, sem exagero, que se eu estou aqui hoje, me dedicando ao estudo e à prática da pedagogia do teatro, é por sua causa, Maria. Obrigado!”, disse Joaquim Gama, coordenador pedagógico da Escola.

Logo ao final da emocionante homenagem, foi a vez de o ator Bruno Fagundes assumir o posto de mestre-de-cerimônias, na entrega do Prêmio Aplauso Brasil de Teatro, idealizado pelo jornalista Michel Fernandes, fundador do site Aplauso Brasil.
A primeira categoria premiada foi Dramaturgia. Depois, vieram os premiados em melhor Trilha Original, Atriz Coadjuvante, Ator Coadjuvante, Homenagem, Diretor, Elenco, Atriz, Ator, Grande Destaque, Produção Independente, Musical e Grupo. “O ator é como um Deus. E tive o privilégio de trabalhar com uma atriz que é um Deus em cena, sem perder a humanidade: a Mariana Terra”, disse Daniel Lobo, melhor diretor pela peça “Nise da Silveira – senhora das imagens”, grande vencedora da noite, com três prêmios, referindo-se à protagonista de seu espetáculo, que também levou a estatueta na categoria Melhor Atriz.

A noite foi encerrada com uma apresentação-surpresa dos aprendizes da Escola, que acompanhados por Carlos Blauth ao piano e com alguns colegas munidos de cuíca e pandeiros, interpretaram a “Canção de Mandelay”, como um número de cabaré.

“Minha relação com Maria Alice Vergueiro começou em 2002, quando assisti ao espetáculo ‘Mãe coragem’, dirigido por Sérgio Ferrara. Fiquei muito impressionado com ela no palco. Ela, realmente, é uma força da natureza. Uma força teatral da natureza. Ou uma força da natureza teatral. Depois disso, fui apresentado formalmente pelo Rubens Caribé, que também fazia a peça. Maria Alice é uma pessoa incrível, maravilhosa, generosa e sempre disposta a tudo que for novo, instigante, prazeroso de fazer na cena. Você coloca um desafio e ela tem prazer em realizar aquilo com o máximo de sua boa vontade”, disse Ricardo Severo, grande fã e amigo da atriz.

RETROSPECTIVA 2013
PRÊMIO ACESSIBILIDADE 2013
ENTRAR NO SITE