Secretaria da Cultura
Retrospectiva 2012
SP Escola de Teatro
Saiba Mais
As Muitas Faces de uma Escola
Saiba Mais
Abertura da Sede Roosevelt
Saiba Mais
Diálogos
Saiba Mais
Cabarezim
Saiba Mais
Meyerhold: da Rússia para a Roosevelt
Saiba Mais
Youpix
Saiba Mais
Ocupação da Sede Roosevelt pela Cia. Balagan
Saiba Mais
Processo Seletivo
Saiba Mais
Publicações
Saiba Mais
Intercâmbios
Saiba Mais
Extensão
Cultural
Saiba Mais
Minidrama
Saiba Mais
Participação na Satyrianas
Saiba Mais
Outros Projetos
Saiba Mais
Intenso Até
o Fim
Exposição Nelson Rodrigues
Saiba Mais
SP em
Números
Saiba Mais
Saiba Mais
Projeto Escola Vermelha
Saiba Mais
Projeto Escola Verde
Saiba Mais
Projetos Especiais
Saiba Mais
Territórios Culturais

Minidrama

O projeto surgiu com o objetivo de discutir as novas possibilidades de narrativas dramáticas, em 2010. Os participantes deveriam escrever uma pequena peça de teatro com a hashtag #mdrama, no Twitter, usando parcos 140 caracteres. Presidida por Marici Salomão, coordenadora do curso de Dramaturgia da SP Escola de Teatro, a comissão julgadora do concurso foi composta por Sérgio Roveri, dramaturgo e jornalista; Noemi Marinho, atriz, diretora e dramaturga, e Otávio Martins, diretor, produtor, ator e dramaturgo. Foram eles que escolheram 100 textos, de um universo de mais de 2 mil inscritos.

Os trabalhos selecionados foram expostos no portal e no Twitter da Escola, além de fazer parte do livro “#Mdrama” (Editora Associação Amigos da Praça), cujo lançamento ocorreu no dia 27 de novembro, na Sede Roosevelt da SP Escola de Teatro. Na ocasião, houve a apresentação especial de um vídeo, cuja trilha sonora é assinada pelos aprendizes de Sonoplastia da Escola, sob a supervisão de Raul Teixeira, coordenador do curso.

Além disso, o diretor e ator Gilberto Gawronski foi encarregado de dirigir cenas baseadas em textos do “#mdrama”.

Alguns dos tweets vencedores são os seguintes: “Mãe, pq ele tá dormino nessa caixa? (Silêncio) Mãe, pq ele tá dormino nessa caixa toda enfeitada de flor? (silêncio) Acorda ele, mãe” #mdrama @eversonbertucci; “Eu sou filho biológico. O meu pai é o meu pai, mas a minha mãe...é uma lhama. Ensinou-me a cuspir para não ter medo das pessoas.” #mdrama @ferraciolifelip; “Pela manhã no café dividiam os sonhos. A imagem que eles esqueceriam anos depois, no enterro da mãe. Disputando seu espólio.” #mdrama @heiheitor.

TOPO
VOLTAR
todos os direitos reservados a sp escola de treatro centro de formação das artes de palco.
Desenvolvimento de Sites QubeDesign
>> Entrar no Site