INFORMAÇÕES SOBRE A MATRÍCULA E
LISTA DE SUPLENTES
HOME
Atuação Cenografia e Figurino Direção Dramaturgia Humor Iluminação Sonoplastia Técnicas de Palco
 

SONOPLASTIA

Alexandre Assis de Souza

Tenho medo de: Violência.
Não vivo sem: Minha filha.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Viver o sonho.
Teatro é, para mim: Um ser vivo.
O que mais gosto em mim é: Integridade.
Meu papel no mundo é: Viver em harmonia.
Minha maior ambição é: Fazer algo inédito.
Como cheguei até aqui: Errando.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Esperança, água, livros.
"Garoto do Subúrbio", Inocentes, é a trilha sonora da minha vida.
Mahatma Gandhi é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, ficaria hoje com as pessoas que mais amo.
Brás, São Paulo, Brasil: América Latina.

Ana Flávia Baldiviezo Caceres

Tenho medo de: Não conquistar meus objetivos.
Não vivo sem: Família, namorado, apoio, amigos e música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Conhecimento, uma outra experiência a ser adquirida; talvez futuro.
Teatro é, para mim: Sentimento, corpo, alma e voz.
O que mais gosto em mim é: Fazer as pessoas rirem.
Meu papel no mundo é: Tentar fazer uma diferença naqueles que estão ao meu redor.
Minha maior ambição é: Trabalhar com arte.
Como cheguei até aqui: Indicações de amigos.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Lâmpada mágica.
"Start Wearing Purple", Gogol Bordello, é a trilha sonora da minha vida.
Meus pais é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, tentaria, de alguma forma, reverter a situação.
Brás, São Paulo, Brasil: Centro, diversidade, miscigenação.

Ana Paula Dutra Rodrigues

Tenho medo de: Maldade.
Não vivo sem: Cultura.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Desafio.
Teatro é, para mim: Expressão.
O que mais gosto em mim é: Bondade.
Meu papel no mundo é: Ajudar pessoas.
Minha maior ambição é: Realização profissional.
Como cheguei até aqui: Interesses.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Rádio.
“Entretanto”, Mart'nália, é a trilha sonora da minha vida.
Minha vó é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, estaria satisfeita.
Brás, São Paulo, Brasil: Educação.

Andrea de Lara Fonseca

Tenho medo de: Ser infeliz.
Não vivo sem: Meus filhos.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Realização de projetos.
Teatro é, para mim: Maravilhoso.
O que mais gosto em mim é: Persistência.
Meu papel no mundo é: Cumprir minha missão.
Minha maior ambição é: Reconhecimento profissional.
Como cheguei até aqui: Um dia por vez.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Comida, roupa, livro.
Não sei qual é a trilha sonora da minha vida.
Silvio Santos é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, estaria com minha família.
Brás, São Paulo, Brasil: Brasil.

Anna Dulce Sales Carneiro Sampaio

Tenho medo de: Me tornar uma pessoa frustrada e invejosa por não ter investido em um meio de vida que eu goste e não ter escutado meus desejos.
Não vivo sem: Ouvir música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Estar em uma escola pública, por tanto um espaço de convivência e aprendizado livre da presença de guetos delineados pelo poder aquisitivo dos alunos. Uma escola em que posso adquirir conhecimentos técnicos na área de sonoplastia e desenvolver trabalhos estéticos em equipes de alunos pertencentes a diversos cursos da Instituição.
Teatro é, para mim: Um ofício ao qual eu me dedico muito, há muito tempo, e não me canso.
O que mais gosto em mim é: É a minha abertura para ideias novas e sons experimentais.
Meu papel no mundo é: Aprender o máximo que eu puder e aproveitar o dia.
Minha maior ambição é: Viajar o mundo inteiro a trabalho.
Como cheguei até aqui: Encarando a vida como uma experiência e acumulando histórias muito loucas pra contar.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Um isqueiro, um facão, um cachorro e um violão.
Mestre Ambrósio é a trilha sonora da minha vida.
Mário de Andrade é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, teria tido uma ótima experiência até aqui.
Brás, São Paulo, Brasil: América do Sul, Planeta Terra, Sistema Solar... e por aí vai, rumo ao que a gente ainda não conseguiu desbravar.

Ariane Molina Gomes Amorim

Tenho medo de: Ter medo.
Não vivo sem: Sol.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Muito maravilhoso, poder realizar mais um trabalho artístico.
Teatro é, para mim: Fundamental para a consciência humana.
O que mais gosto em mim é: Entusiasmo.
Meu papel no mundo é: Somar.
Minha maior ambição é: Propagar a música.
Como cheguei até aqui: Com muito trabalho e esforço.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: MP3, livros, comida, remédios e uma boa companhia.
Samba é a trilha sonora da minha vida.
Nietzche é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, viraria um fantasma, pois ainda tenho muito pra viver!
Brás, São Paulo, Brasil: O Arnesto nos convidou... prum samba, ele mora no Brás!

Daniel Botelho

Tenho medo de: Ficar sozinho.
Não vivo sem: Música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Um projeto de vida.
Teatro é, para mim: Desinibir-se.
O que mais gosto em mim é: A facilidade de conhecer pessoas.
Meu papel no mundo é: Viver e aprender.
Minha maior ambição é: Conhecimento.
Como cheguei até aqui: Descobrindo e aprendendo com a vida.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Uma viola, um CD com as melhores do Jorge Ben, fósforos, um maço de cigarros e uma enciclopédia.
“O Gatilho”, Sabotage, é a trilha sonora da minha vida.
Minha mãe é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, eu iria me embriagar com meus amigos.
Brás, São Paulo, Brasil: SP Escola de Teatro.

Dorcina Florencio Ramos

Tenho medo: Da humanidade.
Não vivo sem: Música, amigos e familiares.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: A realização de um sonho.
Teatro é, para mim: Fundamental.
O que mais gosto em mim é: Minha persistência.
Meu papel no mundo é: Ajudar o próximo.
Minha maior ambição é: Operar o som de um grande musical ou outro tipo de espetáculo.
Como cheguei até aqui: Buscando, pesquisando e perguntando.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Sabedoria.
“O Bêbado e o Equilibrista” é a trilha sonora da minha vida.
Cacilda Becker é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, seguiria o fluxo do universo.
Brás, São Paulo, Brasil: Praça Roosevelt.

Fabiana Virginia Canne

Tenho medo de: Barata.
Não vivo sem: Música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Projeto de vida.
Teatro é, para mim: Uma descoberta de novos conhecimentos.
O que mais gosto em mim é: Personalidade.
Meu papel no mundo é: Ser feliz.
Minha maior ambição é: Ter sucesso profissional.
Como cheguei até aqui: Por vontade própria.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Persistência e inteligência.
“505”, Arctic Monkeys, é a trilha sonora da minha vida.
Minha mãe é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, eu morreria.
Brás, São Paulo, Brasil: Brasil.

Gabriel Francisco Barboza Lemos

Tenho medo de: Falta de respeito.
Não vivo sem: Música e sexo.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Um objetivo.
Teatro é, para mim: Dionisíaco.
O que mais gosto em mim é: Meu caráter.
Meu papel no mundo é: Pesquisar e comunicar.
Minha maior ambição é: Viver de música e arte.
Como cheguei até aqui: Trabalhando, estudando, escutando e comunicando.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Algum instrumento musical ou de escrita e comida.
Sons e ruídos são a trilha sonora da minha vida.
Meu irmão é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, estaria passando o tempo com qualidade.
Brás, São Paulo, Brasil: Tradição, correria e embrião.

Gilmar Rocha de Oliveira Dias

Tenho medo de: Ser ruim.
Não vivo sem: Música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Um novo passo para me descobrir.
Teatro é, para mim: Expressão.
O que mais gosto em mim é: Minha capacidade de me surpreender.
Meu papel no mundo é: Colorir papéis.
Minha maior ambição é: Viver este segundo.
Como cheguei até aqui: Buscando o que me faz bem.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Imaginação e coragem.
O silêncio é a trilha sonora da minha vida.
Luiz Gonzaga é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, gostaria de conhecer o próximo.
Brás, São Paulo, Brasil: Lembranças.

Giovani Liberato Bressanin

Tenho medo de: Não ser livre.
Não vivo sem: Música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Oportunidade.
Teatro é, para mim: Arte na qual todas as outras se encontram, uma reunião de música, poesia e imagem.
O que mais gosto em mim é: Minha vontade de aprender.
Meu papel no mundo é: Ser as mudanças que desejo ver no mundo.
Minha maior ambição é: Fazer arte e inspirar outras pessoas a também fazê-la.
Como cheguei até aqui: Aos trancos e barrancos e com algumas cicatrizes.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Meu violão e um livro de poesias do Augusto dos Anjos.
Cachorro Grande é a trilha sonora da minha vida.
Glauber Rocha é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, não ligaria, pois o importante é o que fizemos e não o que poderíamos fazer.
Brás, São Paulo, Brasil: SP Escola de Teatro.

Glauber Antonio Marques

Tenho medo de: Morte.
Não vivo sem: Música e arte em geral.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Grande oportunidade de conhecimento e profissionalização como sonoplasta.
Teatro é, para mim: Cultura.
O que mais gosto em mim é: A tranquilidade.
Meu papel no mundo é: Evoluir espiritualmente e praticar o bem.
Minha maior ambição é: Chegar aos 100 anos de idade com saúde e felicidade.
Como cheguei até aqui: Sempre buscando informação.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Fonte de fogo, faca e água.
“Got My Mojo Workin”, Jimmy Smith, é a trilha sonora da minha vida.
Meu pai é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, eu passaria o dia de hoje com minha família.
Brás, São Paulo, Brasil: Amo tudo isso.

Gustavo Henrique Afonso Macedo

Tenho medo de: Aranha.
Não vivo sem: Música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Oportunidade de aprender uma profissão ligada a arte. Atualmente trabalho com áudio em estúdio e também como músico. Sendo assim, seria uma excelente chance de poder atuar em mais um ramo da cultura.
Teatro é, para mim: A arte da interpretação ao vivo.
O que mais gosto em mim é: Ser sonhador.
Meu papel no mundo é: Dar minha contribuição para uma vida mais feliz para todos aqueles que eu puder alcançar.
Minha maior ambição é: Ser feliz o maior tempo possível da minha vida.
Como cheguei até aqui: Carregando a minha cruz como todo mundo.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Violão, livros, bússola, faca, antibióticos, álcool.
“Like a Rolling Stone”, Bob Dylan, é a trilha sonora da minha vida.
Donald Fagen, produtor musical do Steely Dan, é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, ficaria triste por não ter feito ainda tudo que gostaria.
Brás, São Paulo, Brasil: MUNDO!!!

Helio Prado Neto

Tenho medo de: Perder a capacidade de expandir meus conhecimentos e de um dia não poder me expressar artisticamente, algo que considero vital.
Não vivo sem: Arte.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Uma grande oportunidade de aprender com professores experientes e, mais do que isso, criativos e inovadores.
Teatro é, para mim: Uma das maiores expressões de arte com que tive contato. Juntamente com a música, irrompe meu corpo em dimensões inexplicáveis. Um eterno desconhecimento entre o poder tangível da técnica com a questão transcendental do "poder da criação".
O que mais gosto em mim é: A vontade irreprimível de não se limitar a conceitos pré-estabelecidos.
Meu papel no mundo é: Deixar minha pequena contribuição individual: arte e boas ações diárias.
Minha maior ambição é: Ser feliz com minha arte.
Como cheguei até aqui: Com trabalho, dedicação e os ouvidos abertos para a questão espiritual da arte.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Um violão, livros de Adélia Prado, Shakespeare e Walt Whitman.
Jazz é a trilha sonora da minha vida.
Walt Whitman é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, iria atrás das pessoas que mais amo para dizer isso a elas.
Brás, São Paulo, Brasil: Um novo começo?

Igor Gabriel Martimiano

Tenho medo de: Violência.
Não vivo sem: Música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Um grande passo para mudanças na minha vida.
Teatro é, para mim: Trabalho.
O que mais gosto em mim é: Criatividade.
Meu papel no mundo é: Estar vivo!
Minha maior ambição é: Construir um trabalho.
Como cheguei até aqui: Me reconstruindo.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Água, comida, pessoas e som.
Sonoridade é a trilha sonora da minha vida.
Ana Paula Marques Pais é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, estaria vivo para ver.
Brás, São Paulo, Brasil: Um novo país!

Jessica Fabiana dos Santos Martins

Tenho medo de: Solidão.
Não vivo sem: Sorrir.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Oportunidade..
Teatro é, para mim: Paixão.
O que mais gosto em mim é: Força.
Meu papel no mundo é: Ainda não descobri.
Minha maior ambição é: Hillux.
Como cheguei até aqui: Por amigos.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Um canivete.
Música celta é a trilha sonora da minha vida.
Meu pai é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, pularia de asa-delta.
Brás, São Paulo, Brasil: Mundo.

Ladislau Pedro de Oliveira Junior

Tenho medo de: Óvnis.
Não vivo sem: Música e desafios.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Grande oportunidade de alcançar meu sonho.
Teatro é, para mim: A melhor forma de expressar a arte.
O que mais gosto em mim é: Criatividade e persistência.
Meu papel no mundo é: Orgulhar aqueles que acreditam em mim.
Minha maior ambição é: Trabalhar em algo que me dê prazer.
Como cheguei até aqui: Arriscando várias vezes, apostando todas minhas fichas, indo contra todos para alcançar o que quero!
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Um amigo, uma TV e um videogame com dois controles.
Fresno é a trilha sonora da minha vida.
Meu pai é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, juntaria todos que amo em uma grande festa, celebrando o fim.
Brás, São Paulo, Brasil: Pq. Res. Cocaia.

Larissa Cabrini Filappi

Tenho medo de: Envelhecer.
Não vivo sem: Minha coleção de CDs/LPs.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Troca de experiência.
Teatro é, para mim: Uma forma de escapar da vida real.
O que mais gosto em mim é: Bom humor.
Meu papel no mundo é: Tentar deixar alguma coisa boa pelos lugares/pessoas que eu conheci.
Minha maior ambição é: Trabalhar em algum lugar em que eu realmente me sinta feliz.
Como cheguei até aqui: .
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Água, comida, iPod/rádio/som (para o tempo passar mais rápido).
Toda coleção do Tarantino Experience é a trilha sonora da minha vida.
Meu pai é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, gostaria de juntar todas pessoas que foram especiais na minha vida e ouvir “Dream On”, do Aerosmith, enquanto o apocalipse leva embora todo mundo.
Brás, São Paulo, Brasil: Minha nova casa.

Leandro Carlos de O. Freitas

Tenho medo de: Deixar meus ideais "morrerem".
Não vivo sem: Participar ou assistir a eventos artísticos.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Mais um passo para os meus objetivos.
Teatro é, para mim: Expressão e uma forma de mudança pessoal e social.
O que mais gosto em mim é: O pensamento crítico e minhas mãos.
Meu papel no mundo é: Intervir.
Minha maior ambição é: Manter-me íntegro.
Como cheguei até aqui: -
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Minha flauta, livros e uma barraca.
"Por Quem os Sinos Dobram", Raul Seixas, é a trilha sonora da minha vida.
Mahatma Gandhi é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, ficaria com minha família e amigos.
Brás, São Paulo, Brasil: Estampa daquilo que o "progresso" é capaz.

Letícia Moreira Moreli

Tenho medo de: Morrer.
Não vivo sem: Música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Convivência e aprendizado.
Teatro é, para mim: Viver outras vidas.
O que mais gosto em mim é: Espontaneidade.
Meu papel no mundo é: Descobrir.
Minha maior ambição é: Me descobrir.
Como cheguei até aqui: Experimentando.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Um livro, um instrumento, um caderno.
Meu pai é a trilha sonora da minha vida.
Meu pai é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, ia parar as máquinas.
Brás, São Paulo, Brasil: Memória.

Lutz Gallmeister de Oliveira Cavalheiro

Tenho medo: Doenças mortais.
Não vivo sem: Música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Enriquecimento profissional.
Teatro é, para mim: União das artes.
O que mais gosto em mim é: Dedicação.
Meu papel no mundo é: Criar.
Minha maior ambição é: Realizar o próximo passo.
Como cheguei até aqui: A pé.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Violão, comida, papel e caneta.
Koyaanisqatsi é a trilha sonora da minha vida.
Meu professor é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, eu morreria.
Brás, São Paulo, Brasil: América Latina, Mundo, Terra.

Maíra da Fonseca Pagliuso

Tenho medo de: Altura.
Não vivo sem: Música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Uma grande possibilidade de experiência, aprendizado e projeto futuro.
Teatro é, para mim: Expressão, intuição, corpo, fundamental.
O que mais gosto em mim é: Sensibilidade.
Meu papel no mundo é: Transmitir através de inúmeras percepções algo de bom. Conciliação.
Minha maior ambição é: Ser compositora.
Como cheguei até aqui: Através de experiência na área, irmã e amigos da área.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Livros, música, filmes e um amor.
A trilha de Eddie Vedder para o filme "Into the Wild" é a trilha sonora da minha vida.
Minha mãe é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, amaria o dia inteiro.
Brás, São Paulo, Brasil: Colorido, apaixonado, vibrante, cinza.

Paulo Roberto de Guglielmo Dandrea

Tenho medo: Do medo.
Não vivo sem: Música.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Ter amigos com sonhos e interesses parecidos.
Teatro é, para mim: O filho e a mãe de todas as artes. Assim como a arte da vida.
O que mais gosto em mim é: Meu gosto por tudo que é diferente.
Meu papel no mundo é: Afrouxar as correntes do preconceito musical.
Minha maior ambição é: Trabalhar com música e com liberdade.
Como cheguei até aqui: Soube através de um amigo.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Cantil e força de vontade.
“Close to the Edge”, Yes, é a trilha sonora da minha vida.
Heiner Goebbels é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, dançaria pelado na rua.
Brás, São Paulo, Brasil: Quer o CEP?

Rosileine Dias de Oliveira

Tenho medo de: Ficar sozinha.
Não vivo sem: Música, amigos, família.
Estar na SP Escola de Teatro, para mim é: Realização profissional.
Teatro é, para mim: Fundamental.
O que mais gosto em mim é: Comunicação.
Meu papel no mundo é: Viver.
Minha maior ambição é: Realização profissional e pessoal.
Como cheguei até aqui: Por meio de amigos.
Itens básicos para um kit de sobrevivência em uma ilha deserta: Um instrumento, comida, água, uma pessoa e Deus.
“More Than Words”, Extreme, é a trilha sonora da minha vida.
Meu pai é alguém que admiro muito.
Se o mundo acabasse amanhã, reveria todas as pessoas que mais amo.
Brás, São Paulo, Brasil: São Paulo, Brasil.

TOPO
VOLTAR
Desenvolvimento de Sites QubeDesign