SP ESCOLA DE TEATRO
Español
English

A Escola

 
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Tamanho da Letra
Publique/Compartilhe
Pilares Alicerce Aporte Teórico Pressupostos

Alicerce

Iniciativa ousada, maturada desde 2005 e gestada com mais fôlego a partir do segundo semestre de 2009, a ideia da organização da SP Escola de Teatro foi ganhando corpo em reuniões regulares de um coletivo propulsor de artistas vinculados a grupos ou a espaços culturais da região central da cidade, notadamente da Praça Franklin Roosevelt (espaço revitalizado em meados dos anos 2000 e que hoje funciona como epicentro da agitação cultural paulistana).

Essa praça – a partir de agora, irradiadora da formação para as artes do palco – tem a ver com o movimento teatral de apropriação do espaço público ao longo da primeira década deste século XXI.

Os agrupamentos de teatro desenham uma nova geografia para aquele pedaço da cidade. Desde 2000, eles ocupam salas alternativas, firmamparcerias com alguns moradores e comerciantes e contribuem, decisivamente, para transformar as relações interpessoais num local até então tensionado pela violência urbana. Atualmente, contam-se pelo menos seis teatros, uma livraria e alguns bares em sintonia com a cena cultural local.

Alguns dos artistas que participam desse espírito agregador são os que decidem assumir o compromisso de dirigir a SP Escola de Teatro. Em seu primeiro ano, em 2010, o endereço do Brás passou a sediar a Escola.   A sede tem como território uma antiga escola em outro bairro do centro expandido de São Paulo. No ano de 2011, buscando ampliar as ações dos cursos de Cenografia e Figurino e Técnicas do Palco, inaugura-se o Ateliê e passamos a ter a Sede Rego Freitas.  Em 2012, um edifício na Praça Franklin Roosevelt torna-se a terceira sede da Escola.   Assim, atualmente a Escola opera em três territórios: sede Brás; sede Rego Freitas e Sede Roosevelt.

O Estado e os artistas foram mobilizados principalmente pelas seguintes constatações: 

- o aumento da produção teatral e do número de salas de espetáculo no País – com ênfase no Estado de São Paulo –, o que gerou demandas não atendidas por profissionais especializados; 

- a necessidade de iniciativas que democratizassem o acesso da população à formação artística.

Os artistas aceitaram o desafio de administrar e dar vida a uma Escola de Teatro. Para tanto, dispõem, atualmente, de infraestrutura rara e propiciadora para uma prática pedagógica de longo prazo. 

O mote é simples e direto: artistas que formam artistas. O que está em relevo é o reconhecimento do papel do artista na sociedade.


Endereço e E-mails
SP Escola de Teatro
Centro de Formação das Artes do Palco
Sede Brás 
Avenida Rangel Pestana, 2401, Brás
03001-000 • São Paulo - SP
Sede Roosevelt 
Praça Roosevelt, 210 • Centro
01303-020 • São Paulo | SP
Tel: 11 3775.8600
info@spescoladeteatro.org.br
www.spescoladeteatro.org.br
Governo do Estado de São Paulo - Secretaria da Cultura
Licença Creative Commons Este trabalho foi licenciado com uma Licença | Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada | .
O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotográfos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.
Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.
Criação de Sites Sorocaba Qube Design